segunda-feira, 7 de agosto de 2017

Como se tornar o mestre da magia!


" Ao seu lado três corpos inertes, à sua frente uma cabeça ainda jorrando sangue. Na sua mão um livro inútil, palavras torpes que seu cansaço mental impedia de compreender. As estavam difíceis. Ele praguejava nunca ter aprendido usar uma espada. Era o preço a se pagar por ser tão franzino e estudioso " - Relatos de um mago em um dos suplementos Old dragon.


Dentro da comunidade RPGista ainda há um grande tabu e poucos  tentam jogar com a classe "Mago", devido a grande dificuldade que é interpretá-la. 
Estamos falando de um tipo de personagem que muitos dizem que só quem joga  são os Old school, isto é, os mais antigos pois são mais acostumados com uma dificuldade que a maioria dos jogos hoje não representam. O mago em todos os sistemas possuem uma vida muito baixa comparada as demais classes,  demora mais tempo pra passar de nível, e o mesmo não pode usar armadura, aumentando as chances que o mesmo tem de tomar dano e morrer, por isso muitos o deixam para jogar com outras classes que não apresentam esse risco.
Contudo depois de ler esta matéria você deixará isso de lado  e pensará em como pode ser tão perfeito jogar de mago quanto difícil, além do mais, estamos falando de uma classe que é definitivamente " IMPLACÁVEL " !!!


1- Tipos de magia


 Lembre-se, o mago vive pela razão, o clérigo pela fé!

Já reparam o por que os bônus dos que tentem a magia arcana são feitos com base em inteligência, e nas divinas são sabedoria?

Bem, posso explicar melhor sobre: No contexto do RPG, a sabedoria da a visão em que você sabe das coisas de uma maneira mais superficial, a inteligência vai além da superfície, ela destrincha a realidade das coisas para que você saiba o real fator sobre as coisas, por exemplo:

Sabedoria: Você sabe que não se faz uma salada de fruta com tomates.
Inteligência: Você sabe que o tomate é uma fruta. 

Sabedoria: "Não puxe a corda! Pode acionar a armadilha!"
Inteligência: "Não puxe a corda, ela é feita de alumínio. No momento que a puxar  as engrenagens irão girar  causando atrito e energia, o dínamo ali presente irá gerar energia alimentando a corda de alumínio que conduzirá a eletricidade. Melhor não pisar" - Isso foi apenas uma suposição.

Reparam claramente que a sabedoria é o senso comum em muitos casos, e a inteligência é algo mais profundo? Então, a sabedoria do clérigo em seus dados o concederá o poder necessário.
No caso do mago é algo mais profundo e possui muitas vertentes: 

1.0 - Em muitos casos o mago terá que acreditar em coisas que para muitos seriam impossíveis, serão realidade e assim acontecerá. No caso do Alar no livro " O nome do vento, de Patrick Rothfus ".

Exemplo: Para o mago fazer que uma maça levite ele tem que acreditar piamente que a força da gravidade não afetará o fruto. Assim meio que manipulando a reliadade. 

Em outros casos ele terá que usar conexões com o oponente para que sua manipulação seja efetiva como por exemplo: O mago quer mover uma item de ferro, para isso ele precisará do mesmo material para formar conexão com o ferro e fazer com que ele se mova. Uma espécie de magnetismo. O mesmo funcionaria com pessoas, para ele criar conexão magica com a pessoa ele precisará de parte dela para que funcione 

1.1 -Em muitos casos o mago irá ser um estudioso da razão da força antiga rudimentar e irá procurar em masmorras e outros lugares para conseguir encontrar pergaminhos que o façam desenvolver como utilizar mais a tecnologia mais antiga e desconhecida do mundo: A magia
Através de línguas desconhecidas, gestos já perdidos e runas que para muitos seriam impossíveis de ler ele irá manipular os elementos ao seu favor. Itens que carregam certa carga mágica o ajudaram no seu trajeto mágico e o mesmo irá precisar de itens canalizadores para invocar sua magia, como varinhas, cetros e cajados. ( No caso da magia em Harry Potter )

1.2 Em muitos casos o mago irá mexer com um fato que para nós é chamado de teorias de física quântica, para ele o mesmo denominará de Éter. 
O éter é a energia que cerca o mundo e faz que tudo seja indiretamente interligado. A força é poderosa e o mago na sua razão modelará o Éter ao seu favor, fazendo até mesmo dobra espacial como no caso do teleporte. Isso com base na Razão e suas teorias loucas de como as coisas podem acontecer sem que seja feita a vontade e terceiros senão a nossa.

São bons modos que você pode escolher que seu mago siga o caminho da magia, ou simplesmente faça como eu: Una um pouco de cada ideia.
Seu mago pode usar varinhas, mas isso não o fará perder a ideia de lançar magia pelas mãos. A Razão dele será absoluta e as leis do mundo irão de curvar a sua vontade, mas nada que uma boa língua antiga não deixe as coisas mais bonitas!


2 - Tipos de magos


Existem Muitos tipos de magos e o interessante muitas vezes é você poder conversar com o seu mestre se  pode interpretar o mesmo, até o por que isso dá um tom de interpretação bem mais à fundo. Então caso ele permita escolha um tipo de mago  será muito interessante!

1.0 - Abjurador

O mago abjurador ele escolhe uma vida de segurança e proteção. Suas magias são baseadas em tornar o mundo seguro, anular magias e proteger os demais. Um verdadeiro suporte!

1.1 - O adivinho 

" O adivinho pode ser um especialista para desvendar mistérios e tentar prever o futuro. É um espião mágico, experiente em descobrir segredos e revelar a verdade! "


1.2 - Bruxo

 O mesmo usa forças da natureza e  utiliza maior recuso de habilidades únicas chamadas "maldições"

1.3 - Cronomante
O cronomante estuda o tempo e espaço, podendo retardar o envelhecimento e fururamente até mesmo se tornar um viajante do tempo. Ele dobra o tempo e espaço ao seu favor!

" Por que a pressa? Temos todo o tempo do mundo! "


1.4 - Encantador

Esse tipo de mago prefere usar sua magia para manipular seus inimigos a sua vontade, criar aliados, e conseguir seguidores para em ultimo caso utilizar uma bola de fogo.
A lábia é sua arte, o reconhecimento sua glória!

1.5 - Evocador

Evocador foca suas magias na destruição!

----------------------------------

São muitos tipos de magos que pode interpretar e já deu pra notar que cada um tem um objetivo diferente, estabeleça objetivos em seus magos e eles terão muito mais vida e propósito!

Existem muitos outros tipos de magos, caso se interesse pelo assunto que seria prolongado demais nessa pequena parte do artigo, procure sobre o livro: Tormenta RPG - Manual do Arcano


3 - Background envolvente para magos


Muitos tem grandes dúvidas de como conseguir elaborar uma boa história pro jogo, e outros apenas jogam sem profundidade em enredo pessoal, mas temos que entender que seu Background é a alma e a vida do personagem, sem isso ele é como um papel vazio que não possui conteúdo de escrita. Então o primeiro passo será elaborar um boa história para o seu herói e dali se crie vida.
Para criar um personagem denso pegue uma folha e comece a separar em tópicos, vamos destrinchar cada característica do seu futuro personagem, assim ficará mais fácil o desenvolvimento 

1.0 - Aonde no mapa do jogo ele viveu? Se perto de colinas, lagos ou floresta, desenvolva algo interativo em volta disso que ligue em algum ponto em que tenha despertado uma dúvida nele sobre a existência de tudo, como por exemplo:

Exemplo: Ele olhava de sua cabana no pico as montanhas de Rogar e se questionava; "Será mesmo que estamos num mudo regido por deuses, ou meramente pela razão? Examinei durante muito tempo as nuvens e tempestades para entender que não querem dizer aos homens a fúria dos deuses, contudo são resultados naturais. Um controle no mundo para que o solo seja irrigado. Mas isso é apenas uma ideia, eu PRECISO saber mais!".

A sua aventura de mago pode começar com o questionamentos simples sobre a natureza, e existência e assim partir para algo mais profundo.

1.1 - A sua curiosidade pode ter aflorado em meio a família.

Exemplo: Seu pai se questionava sobre tudo e muitos diziam que ele era  diferente. Poucos sabem o por que dele desapareceu numa certa noite de inverno, e os que sabem disso não que contaram.
Você cresceu se questionando, sendo diferente do que dizem "comum" numa sociedade. Sua avó, por quem você fora criado, lhe contou sobre seu pai quando você chegou na idade certa. Disse que ele se guiava pela razão e era um definitivo cientista, e foi embora para evitar ser morto devido aos conformistas religiosos. Agora ela lhe entrega o antigo grimório de seu pai com idéias de pensamento e pesquisas com muitas runas, agora o mesmo legado que antes ele recarregava está em suas costas. Você lê e fica maravilhado por entender que o mundo e muito diferente do que os outros pensam, mas você precisa saber e conhecer  mais, então você se despede da tua avó e vai em direção do legado do seu pai: O conhecimento

1.2 -   Como é o seu caráter? Desenvolva falhas e benefícios sobre sua ética e modo de pensar, isso dá um tom de realidade no seu personagem.
1.3 -   Quais são suas inclinações, fraquezas e defeitos? 
1.4 - Quais são seus atributos mais predominantes, coragem, honra, sede de poder, vingança? Implante também características positivas nele.
1.5 -   De onde ele é e qual é a sua cultura local? Com a ajuda do mestre você pode perguntar a ele o que aconteceu naquele lugar a alguns anos, ou se possui alguma evidência de lendas, maldições ou disputas de clãs. Por essas características na história deixa sempre o Background mais rico, podendo o mestre no meio de uma aventura encaixar o que antes acontecera no lugar no enredo da aventura.
1.6 -   Do que ele tem medo? O medo pode ser uma caraterística imposta até mesmo pelo emocional de perder alguém, ou um item a muito tempo deixado pelos seus pais que já o deixaram desta vida. Escolha um medo e torne o personagem mais profundo em detalhes.
1.7 - O que, e quem ele ama? 


Quanto mais detalhes você por no personagem melhor será a sua interpretação. Caso você esteja o criando para ser um senhor da guerra, guie a história dele no caminho ao qual você impôs o seu objetivo como personagem.


3- Modo de jogo e postura


Um bom modo de jogo para magos é evitar o máximo possível de confusão e usar a magia como último recurso. Permita que seu mago além de ser muito inteligente, saiba falar diversas línguas e possua uma boa vocação em oratória ( Carisma ).
Que tal ao invés de partir pra briga de forma rápida em todas as mesas você manipular a mente dos seus inimigos com a lábia? Posso usar certos exemplos que já fugi de boas confusões pois tinha muitos pontos em diplomacia:

Certa vez estamos num cais e nos perguntaram, algo e alguém do grupo disse que o barco era roubado. Logo os guardas se aproximaram, o mago em toda sua inteligência rapidamente disse que o Barco era do bardo. Conclusão, os guardas riram e acreditaram naquilo. Menos uma briga.

Certa vez fomos presos e os membros da  minha cela eram homens cruéis e maus, quase me mataram por pouco. Porém eu não usei minha magia, eu usei minha postura e indiretamente realizei um motim, quebramos a cadeia toda, matamos guardas e ainda fugimos com muito ouro. Mas eu não poderia deixar aqueles homens cruéis fugirem neah, como seria o reino com tantos a solta?
Conclusão: Fiz um discurso em frente aos portões da masmorra e no final uma magia de sono. Os que estavam na frente dormiram e os que estavam atrás se atrapalharam para me matar. Fechei o portão e usei trinca mágica. Meu grupo saiu ileso, com muito ouro, bandidos estavam presos e Missão cumprida.

Com o tempo sua postura será de líder no meio do grupo e você sempre será seu porta voz não por que quis ser porém eles o escolheram. E isso é muito importante pois sendo líder e possuindo importância os aventureiros irão arriscar a vida para te defender deixando a luta para o último caso, mas caso ela venha acontecer certamente o bárbaro, o guerreiro ou clérigo não permitirá que toquem em ti. Assim eles ficaram na front line e o mago na back line com proteção.
Será o menor dos alvos e terá bom controle de estratégia e conjuração.

Postura:

Diferente do guerreiro que para se tornar o líder deve demonstrar honra, coragem e humildade para alcançar o estados de Senhor da Guerra amado por todos, o mago em alguns casos é o oposto.
Pelo mago ser tão diferente ele acaba tendo uma posturas mais série e fechada e sua razão sobre as coisas pode o tornar um ser carrancudo e egocêntrico, preferindo que o poder e as ordens passe por eles, criando um personagem chato e odiado. Se um plano falhar sem que tenha sido feito pelo mago, pode ter certeza que o mesmo irá brigar com o grupo durante um bom tempo. O costume do mago sobre a razão muitas vezes pode o fazer achar que ele é maior que os outros pelo fato de domar a magia, o mago pode ser implacável, mas a arrogância e o excesso de auto confiança é destrutivo demais, pois uma vez que você cai será um grande trauma que nunca pensou acontecer.
Então muito cuidado em como  guia a personalidade do seu mago, tente criar algo neutro. Um homem que seja seguro de si, mas ajude os outros em humildade.  Seja amigo, gentileza gera gentileza, essa é  a melhor forma de conseguir aliados. Porém demonstre poder e fúria quando for preciso, você ainda continua sendo um mago não o Dalai Lama



4- O que é a magia? De onde surge e quem à criou?



Com frequência muitos ousam se perguntar sobre a magia, como ela surgiu e qual seu real preceito. Alguns acreditam em diversas vertentes, dizendo até mesmo que a magia esteve presente na criação do mundo. Embarcaremos num estudo sobre a magia, onde dúvidas e até mesma teorias serem postas a mesa!

As perguntas mais frequentes sobre o tema são:


1⃣ O que é magia?
2⃣ De onde surge?

3⃣ Quem criou a magia?




Harry Potter - A magia é, uma herança genética sobrenatural que permite que os bruxos (a) pratiquem a feitiçaria.


Old Dragon(e outros jogos de RPG) - A magia provém do universo construído pelo cenário e por isso deve ser seguido a vontade do mestre(narrador).

O nome do vento - A magia nada mais é que uma fé absoluta que algo irá acontecer. A fé é tão forte que pode alterar a própria realidade, para isso você deve acreditar em maior quantidade que o seu propósito se cumpra que a razão faça com que ele falhe.

Os três possuem uma grande distinção do que é a magia, de onde surgem e quem criou. Podemos ver que grande parte dos universos dizem que, quem criou foram forças divinas, outros dizem que provém da própria energia universal até mesmo chegar a conclusão de necromancia que a magia negra só pode ser alcançada com sacrifícios aos Deuses.
Os universos podem possuir compreensões e modos diferentes, porém uma coisa podemos reparar que está presente em 99% de todo universo fantástico para invocação de magias, Sejam elas divinas ou arcanas: Línguas antigas.
Podemos observar que a língua antiga foi criada por povos que muito vagavam sobre a terra, dominavam magias e até mesmo possuíam algum tipo de herança genética divina( dependendo do universo), essas palavras são utilizadas por magos em enigmas, livros, runas, magias e muitas outras coisas. O que dá a entender que a magia pode ter sido até mesmo descoberta por homens ao qual desvendaram um pouco do segredo do seu mundo, assim aprendendo a dominar o éter (energia universal). O incrível é que a intonação vocal, expressão e tipo da palavra podem despertar um poder tão enorme que podem consumir força vital.

Podemos Observar que mesmo tendo universos diferentes, uma coisa em comum reina e permanece a ditar suas regras da magia.
A língua antiga é poderosa, não sabemos muitos sobre os povos que a criaram, mas se dominavam tanta a magia a eram tão poderosos, cabe a nós a pergunta: "Se eram tão poderosos, quem diabos destruiu seu povo? E como sua linguagem mesmo sendo rara reina até hoje em bocas de poucos como magos e estudiosos?"

Na verdade eu não sei responder, porém podemos concluir que mesmo tendo origem diferente pode ser possível que os dois estejam certos.
A razão sobre o éter poder gerar a magia, mas se ela for ancestral e poucos a dominam Talvez até mesmo pode se considerar que sua essência continua a ser hereditária. Além do mais, não é todo dia que encontramos alguém com uma fé ao ponto de dominar o éter, isso é tão raro quanto encontrar uma agulha num palheiro.


Com base um pouco nesse estudo tirem suas próprias conclusões, e não esqueçam da pergunta " Se eles eram tão poderosos, quem diabos destruiu o seu povo?"

-----------------------------------------------------------

Gostaria de  aprender um pouco mais sobre guerreiros?
Tenho uma matéria perfeita pra você!

Click aqui e descubra como se tornar um verdadeiro Senhor da guerra!

Nenhum comentário:

Postar um comentário